Nos dias 07 e 08 de junho, a WeGov realizou a oficina Design de Processos (módulo 2), sendo parte das atividades do Programa HubGov 2017. O Módulo 2, teve o objetivo de criar um ambiente criativo para iniciar a fase de geração de ideias para os desafios analisados no módulo 1.

No primeiro dia, facilitamos um momento de compartilhamento de informações entre as equipes com o objetivo de aproximar os desafios e as pessoas. Apresentamos a ferramenta “Matriz FOFA”, que consiste em organizar isoladamente as “Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças”, sintetizando os resultados das ferramentas apresentadas no módulo anterior. Com isso, apresentamos uma técnica para evidenciar as necessidades do usuário da inovação a partir do ponto de vista do próprio beneficiário. Não obstante, realizamos uma apresentação conceitual sobre ideação e conduzimos uma dinâmica, apoiada de ferramentas, para geração de ideias, individual e em grupo.

Na sessão seguinte, as equipes estruturam uma narrativa que contextualize o desafio, as personas envolvidas e a linha de pensamento da proposta de melhoria da experiência do usuário. A partir dessa narrativa, conduzimos um momento de co-criação envolvendo um grupo de estudante da Administração Pública da UDESC e Servidores do CIASC.

Com a pluralidade de visões e a academia no processo de inovação, as equipes colaboraram para a aperfeiçoar as narrativas e amadurecer as ideias geradas. Por fim, a atividade encerrou com as equipes apresentando um “pitch” para os HubGovers.

O módulo 3 da Oficina Design de Processos irá abordar técnicas para prototipação e validação das soluções. Continue acompanhando a WeGov para saber sobre os avanços do HubGov!

O álbum de fotos completo você encontra em nosso Flickr . Crédito das fotos: Marina Bitten

Lincon Shigaki

Lincon Shigaki

Lincon Shigaki é formado em Administração na Universidade Federal de Santa Catarina. Trabalhou com consultoria em gestão no Movimento Empresa Júnior, onde foi Presidente da Ação Júnior e da Fejesc. Possui uma fé inabalável que podemos viver em um país melhor, e não consegue se ver fora do processo de transformação dessa realidade.



Mais artigos