encerramento HubGov

WeGov promove na Capital o 1º coworking do setor público do mundo

Programa começa na Capital no dia 21 de março e buscará soluções inovadoras de governança durante seis meses

por Carlos Damião

A WeGov realizará no dia 21 de março o Programa interinstitucional de inovação em Governo – HubGov, com a participação das seguintes instituições: Correios, Secretaria de Segurança Pública de SC, Secretaria da Fazenda de SC, Secretaria de Comunicação de SC, Secretaria de Desenvolvimento Sustentável de SC, Secretaria da Saúde de SC, Secretaria de Planejamento, Prefeitura de Palhoça, Justiça Federal, Assembleia Legislativa de SC, CREA-SC, Polícia Militar de SC. No evento de abertura serão apresentados os desafios selecionados pelas instituições, a ser desenvolvidos durante os seis meses de programa.

Estarão presentes no painel de abertura os mentores Henrique Parra Parra – fundador da Cidade Democrática, tenente-coronel Paulo Sousa – responsável pelas Mídias Sociais do Exército Brasileiro, Carla Giani – assessora da superintendência de Compras e Logística da Secretaria de Saúde de SC e Anderson Giovani – ex-gerente do Instituto Comunitário da Grande Florianópolis.

O HubGov é um Programa interinstitucional de Inovação em Governo. Nesse programa, a WeGov auxiliará participantes de até 15 instituições públicas a propor soluções inovadoras para um desafio institucional, por meio de trilhas de aprendizado e mentorias. Tudo isso em um ambiente colaborativo para inspirar as equipes na criação de protótipos e soluções inovadoras (coworking). A primeira edição do programa acontecerá de março a setembro de 2017, e será o primeiro Coworking do Setor Público no mundo.

Link para a publicação original.

Patricia Garcia

Patricia Garcia

Responsável pela Rede de Relacionamentos da WeGov. É formada em Design de Produtos pelo IF-SC, com mestrado em Antropologia Social pela Universidade de Manchester, na Inglaterra, e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Tem experiência em grandes empresas com inovação, usabilidade e qualidade. É professora voluntária de inglês em uma comunidade de Florianópolis, já fez trabalho voluntário na Ucrânia, e acredita que as pessoas podem conviver sabendo respeitar as diferenças e trabalhando para um bem comum.

Mais artigos